sexta-feira, 16 de abril de 2010

AMOR x PAIXÃO

Pois éh! Depois de séculos sem postar aqui... rs. Tem sido um mês muito corrido pra mim... Resolvi postar hoje sobre um assunto que estava conversando com uma amiga (Marcela Fernanda) no msn. As definições de Amor e Paixão. Bom, minha opinião particular é que as duas podem coexistir mutuamente em um mesmo espaço (“coração”). No entanto é evidente que há diferenças gritantes entre esses dois estados vivenciados por grande parte dos seres humanos deste planeta. A verdade é que, paixão pode não ser algo eterno, duradouro... Maas e o amor? O amor verdadeiro é eterno e ele é quem alimenta a paixão fazendo permanecer eterno aqueeela faalta que sentimos da pessoa amada quando está longe, e não só nos primeiros meses de relacionamento, mas por anos e anos a fio. Bom, sem mais delongas... Aqui estão algumas definições de amor e paixão. 

 

AMOR                  
Não nasce à primeira vista, ele cresce e se fortalece dia após dia e tem o tempo como seu aliado. Não provoca alterações orgânicas. Você continuará tendo um sono tranquilo e batimentos cardíacos moderados. Seu coração fica em paz e a ansiedade passa longe de você. Valoriza características como fidelidade e bom caráter.
Tem prazer em estar perto pelo companherismo, sinceridade, respeito, carinho que um ao outro pode proporcionar. A atração física fica em segundo plano. Não é cega. Você enxerga tanto as qualidades como os defeitos da pessoa amada, seu temperamento e personalidade. Não busca interesse próprio mas a felicidade um do outro.
Nunca ameaça seu equilíbrio emocional, físico e espiritual. Nunca se afasta da presença de Deus. Domínio próprio e equilíbrio pautam seus passos para não exagerar na intimidade antes do casamento e não venerar a pessoa amada. É estável - Não há dúvida no coração nem desejo de se envolver com outras pessoas. A pessoa amada é a única com quem quer estar por toda a vida. Pode não ter fim e trazer satisfação, segurança, paz e muita felicidade.



P A I X Ã O
Aparece na maioria das vezes tão rápido quanto um raio. Pode ser através de uma piscada de olhos, um toque nas mãos ou um pequenino gesto, mas também desaparece da mesma maneira como surgiu. Seus sintomas são: Insônia, falta de apetite, coração acelerado, mãos umidecidas pelo suor.
A ansiedade passa a ser sua companheira mais fiel. A atração física é muito forte. É cega. Por mais defeitos que a pessoa tenha, você sempre a considera a sétima maravilha do mundo. É egoísta. A única coisa que importa é satisfazer seus próprios desejos, custe o que custar. Pode se transformar em obsessão causando prejuízos emocionais, físicos e É volúvel - muda de endereço com muita facilidade. Por exemplo: num dia, uma moça pode estar apaixonada por um louro alto. No outro, estar interessada em um moreno atlético. E no fim do mês, descobrir que está "amando" um baixinho magricela. Seu fim é amargo. Em muitos casos só resta frustração, sentimentos de culpas, insegurança e desequilíbrio emocional, podendo levar ao suicídio.




AMOR X PAIXÃO

Amar é nunca ficar fazendo cobranças e nem exigir demonstrações de amor o tempo todo, porque o outro jamais tem a obrigação de pagar pelo amor recebe

Paixão, muito mais que ficar cobrando provas de amor, é a necessidade de sentir-se aceita: "Diz que me ama!! Pelo amor de Deus, diz que me ama!!!"

Amar é nunca exigir a presença dele o tempo todo, privando-o da liberdade. Quando se ama de verdade, temos a certeza de que enquanto este amor durar ele estará ao nosso lado, por que esta é a vontade dele!

Paixão é sentir que o outro pode escapar a qualquer momento, é um sentimento eterno de perda, que faz com que a gente tente dominar o outro: "Amor, olha só a coleira que eu comprei para você usar!"

Amar é sempre manter o bom gosto para músicas e filmes, não se deixando influenciar por porcarias como Kenny G. ou filmes idiotas como Titanic, Morro dos Ventos Uivantes...

Paixão é passar horas escutando músicas românticas, do tipo "mela cueca", repetindo sempre a mesma faixa do CD, só para ficar mais baixo astral ainda!

Amar é amar a si acima de qualquer outro sentimento, não dando mais importânia ao outro do que á nós mesmos!

Paixão é lamber o chão que ele pisa, só receber porradas em troca, e ainda achar que ele é um presente de Deus.

Amar é entender que o outro serve como uma motivação a mais para acreditar que a vida é maravilhosa, mas jamais o único motivo para você ser feliz !

Paixão é acreditar que não é mais capaz de viver sem ele (bem coisa de mulherzinha mimada), apesar de ter vivido tantos anos antes de conhece-lo,

Amar é viver em o hoje, é aproveitar cada segundo de felicidade, sem se importar se amanhã tudo vai acabar.

Paixão é viver em alta velocidade, como se tivesse certeza de que tudo que é bom dura pouco!

Amar é acreditar que se fez a escolha certa E mesmo quando o amor terminar, ainda assim achar que fez a escolher certa porque valeu a pena.

Paixão é ter certeza que escolheu a pessoa errada, não largar o osso e ainda arrumar desculpas para a falta de vergonha na cara:
"Oh, Senhor, será que fizeram macumba para mim?"


Amar é saber que o bom da vida é que poderemos amar várias vezes.

Paixão é se matar bebendo um litro de querosene (oh, coisa ridícula!) e ter escrito em sua lápide:
JÁ FOI TARDE!!

5 comentários:

  1. Tive que ler super rápido e amei, vou ler com calma depois.
    ;D Beijos

    ResponderExcluir
  2. rs... ao contrário de Marcela, eu li com calma e achei muito bom. Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Agora sim! rsrs, Li bem direitinho. E achei ótimo! Eh bom se apaixonar, alias, bom demais. Maaaas, amar eh algo além, maior, divino mesmo. Vale a pena esperar pra suspirar pela pessoa certa ;D Beijao

    ResponderExcluir
  4. interessante texto!!!

    ResponderExcluir